22 de fev de 2014

[CURIOSIDADES]:ESTUPRO LÉSBICO

A cada dia que passa você aprende coisas que poderia ficar sem saber.Tem até um documentário norte-americano chamado SHE STOLE MY VOICE,que trata do assunto.
Veja um artigo do blog PARADA HÉTERO BRASIL.

LEIA:

A verdade que é abafada pelo governo, pelas feministas e pelo movimento gay, é que uma crescente onda de estupros lésbicos vem crescendo desde a década de 1990, e crescendo mais intensamente após 2005, mulheres forçando outras mulheres a terem sexo com elas, e para espanto geral, isso é tão comum que chega a ultrapassar o numero de estupro cometido por homens!
e quando olhamos para as Bi-sexuais, a situação é ainda mais alarmantes, em algumas cidades brasileiras, de cada 5 mulheres Bi-sexuais, 3 já foram vitimas de violência sexual por parte de outra mulher.
Agora fica a pergunta: porque não vemos isso no jornal? porque não se ouve falar sobre o assunto? eu adoraria dizer que é simples, mas na verdade se trata de um monte de fatores que se unem em um denominador comum, os quais vamos analisar a seguir:
01 – A vítima sente vergonha de denunciar e ser chamada de Lésbica, sem falar no medo de virar motivo de chacota na frente do povo, ficar falada e etc.
02 – Repressão do movimento feminista: Não é nada interessante para o movimento feminista, a existência da informação de que existem mulheres que estupram, já que isso derrubaria totalmente a plataforma de luta delas que diz que o estupro é uma pratica ligada exclusivamente aos homens e que eles “são opressores”, de modo que elas são capazes literalmente de matar e esquartejar qualquer um para manter essa informação em sigilo.
03 – O movimento gay faz tudo para abafar o caso: Mulheres que estupram outras mulheres são obrigatoriamente lésbicas, e isso é péssimo para a imagem do movimento, o qual já sofre com as contantes denuncias de pedofilia, ter que lidar com acusações de estupro seria o fim para eles.
04 – O Governo Brasileiro é formado em sua maioria por Gays, Feministas e Esquerdistas aliados do movimento gay, sendo que o governo manda na justiça e na mídia, então a vitima tem medo de denunciar, quando denuncia, a justiça não faz nada, e quando faz, a mídia não noticia nada.
Atualmente, entre delegados de polícia, advogados, promotores e juízes, existe uma falta de consenso sobre o que pode ser configurado estupro, enquanto uma parte diz que estupro é qualquer ato sexual realizado a força, outros dizem que para configurar estupro é necessário haver penetração, sendo nos demais casos configurado apenas atentado violento ao pudor, na dúvida, nossa equipe procurou o presidente da OAB da cidade de Codó, no estado do Maranhão, Dr. Francisco Antonio Ribeiro de Assunção Machado (Cidade a qual possui vários casos desses correndo em segredo de justiça), em entrevista, Dr Machado citou a lei 12.015/09 Art. 213, que diz:
Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso:
Pena – reclusão, de 6 (seis) a 10 (dez) anos.
E completou: Não é mais necessário que haja penetração para que seja configurado estupro, e o que antes era tido como atentado violento ao pudor, hoje também é configurado como estupro, segundo a legislação também não importa se o agressor é homem ou mulher, e se a agressão é contra homem ou mulher, a pena é a mesma.
Obs.: Este post não tem a intenção de falar mal das lésbicas, pois nem todas fazem esse tipo de barbaridade, conheço umas que são até gente boa, porém em todos os segmentos da sociedade existem marginais, e as lésbicas não são imunes, no meio delas também tem!

2 comentários:

  1. Mas quem escreveu essa merda hein!! ainda perdi meu precioso tempo lendo essa bosta!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foram os editores do blog PARADA HÉTERO BRASIL.
      Se quiser dar xiliques,vá falar com eles.

      Excluir

TERMOS DE USO PARA COMENTÁRIOS

-Os comentários são moderados,por isso podem demorar para aparecer.
-Não faça SPAM.
-Não ofenda ninguém.
-Não faça pedido de parcerias.
-Não use nomes falsos ou pornográficos.
-Não faça trollagens.
-Não faça comentários idiotas.
-Não escreva em 'internetês'.
-Não faça comentários racistas (serve para brancos e negros).
-Não faça comentários que enalteça o nazismo,socialismo,comunismo,feminismo,ateísmo militante,gayzismo e outros grupos de esquerda.
-Você poderá comentar em caixa alta.
-Palavrões serão aceitos desde que você não ofenda ninguém.
-Você poderá inserir o link do seu blog nos comentários,desde que você faça um comentário antes e tenha a ver com o assunto.
-Siga os mesmos termos caso você comente nossas publicações nas redes sociais,se não você poderá ter o comentário apagado,denunciado ou ser bloqueado(a).

É isso.